Aliança

Aliança

Posted by colobas on

Fonte: https://partidoalianca.pt/europeias-2019/

"Portugal regista das mais baixas taxas de participação eleitoral nas eleições europeias. Temos de contrariar essa tendência já a 26 de maio, mostrando que quem decide sobre a Europa também somos nós. Em Portugal, a campanha para as europeias centra-se, quase sempre, em assuntos nacionais.
Queremos que desta vez seja diferente e, por isso, apresentamos uma lista com novos rostos, novas pessoas, dispostas a representar e a defender os interesses de Portugal na Europa. Uma lista liderada por alguém que pensa e trabalha a Europa há décadas. E neste quadro, a Aliança defende o equilíbrio orçamental, no respeito pelos Tratados Europeus, mas sublinhando a necessidade de o mesmo ser alcançado por via do incremento da receita gerada pelo crescimento económico e não apenas por via da redução da despesa. Queremos uma Europa mais humana, ao serviço das pessoas. Para preservar o sonho europeu devemos corrigir os erros da integração europeia. Queremos ajudar a refundar a Europa, para dessa forma a salvar. Acreditamos no projeto europeu, mas recusamos dogmas sobre a construção europeia. O caminho passa pela efetiva coesão social e económica entre os Estados membros da União. Só assim será possível concretizar a “Unidade na Diversidade”.
Estamos conscientes da dificuldade desta campanha. Há uma desconfiança crescente em relação aos partidos políticos tradicionais e muitas barreiras à afirmação de novos projetos. Por isso, assumimos a responsabilidade de sermos a alternativa aos partidos há décadas representados no Parlamento Europeu. Só assim teremos políticas baseadas numa nova atitude em Bruxelas. Uma atitude cuja premissa é o crescimento económico, crucial para o desenvolvimento de Portugal. Vimos para reforçar o projeto europeu, mudando-o. Queremos traduzir “europês” para português, indo ao encontro das preocupações dos nossos concidadãos.
Este Manifesto assume essa visão e as causas, a responsabilidade, a atitude, a proximidade e o objetivo de pôr Portugal a crescer e a convergir com os seus parceiros europeus."